sexta-feira, 17 de abril de 2015

PERRENOUD E AS NOVAS COMPETÊNCIAS DOCENTES

REFLEXÕES SOBRE AS OITO COMPETÊNCIAS A SEREM ADQUIRIDAS PELO PROFESSOR
FONTE DA IMAGEM: www.grupoa.com.br

       Philippe Perrenoud faz parte de um grupo de eminentes teóricos que compõem a vanguarda de educação na sociedade do conhecimento. Ao lado outros pensadores como Edgar Morin, Cesar Coll bem como o resgate do filósofo Foulcaut e outros, configuram o que há de mais moderno nas teorias educacionais que embasam os documentos oficiais de algumas nações inclusive o Brasil. A obra de Perrenoud busca, no âmbito da docência, ditar as habilidades e competências necessárias aos educadores que irão concretizar a formação para a sociedade do conhecimento.
     Um olhar atento sobre as oito competências listadas pelo teórico nos revela que trata-se de uma qualificação comportamental, ética e profissional que visa garantir que quem ensina deve ter coerência com sua práxis enquanto sujeito e como professor. Estar ciente de seus limites e necessidades deixa evidente a noção de renúncia do papel de detentor do conhecimento para assumir uma postura de colaboração com o discente priorizando o processo comunicativo em vez da postura transmissora de saberes. As capacidades de trabalho em equipe e gerenciamento de conflitos também corroboram para o principio de coletividade e consciência planetária, aspectos tão valorizados na nova sociabilidade pretendida.
    As competências de Perrenoud ajudam a entender os objetivos que a nova educação deve perseguir. São comportamentos, posturas que nem de longe nos fazem lembrar a formação conteudista que se valorizava na sociedade de capitalismo industrial. Um novo cidadão é exigido pelo conjunto de demandas criadas pelo avanço tecnológico e pelo desmonte dos paradigmas Tayloristas-fordistas da superada fase de produção industrial do sistema. O novo cidadão deve ter maturidade para gerenciar conflitos, absorver conhecimentos e continuar sempre aprendendo e para tal missão urge a formação de um docente sintonizado com esse ideais.


Ref: Perrenoud, P. Dez novas competências para ensinar. Artmed, 2000.  

28/01/2013
Jorge Luiz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opinião:

Translate