sábado, 11 de abril de 2015

OBRA DE UM GAROTO DE APENAS 9 ANOS

INCRÍVEL POEMA CRIADO POR MEU ALUNO KELVY KAUÃ (9 ANOS EM 2014 - 4º ANO) APÓS VER O VÍDEO ABAIXO E DEPOIS DE ALGUMAS ORIENTAÇÕES SOBRE COMPOSIÇÃO E ESQUEMA RÍMICO, ALIADO A UM BOM ESTÍMULO O ALUNO CRIOU ESSA MARAVILHOSA COMPOSIÇÃO. NECESSÁRIO CHAMAR ATENÇÃO AOS GRAMÁTICOS DE PLANTÃO SOBRE O "ERRO" DE CONCORDÂNCIA VERBAL DO SUJEITO "PILHAS" E O VERBO "PIFOU", TRATA-SE DE UMA CRIANÇA MUITO INTELIGENTE QUE SOUBE CAPTAR O TRABALHO LINGUÍSTICO PRESENTE EM UMA POESIA EM TÃO TENRA IDADE E QUE PARA ISSO USOU A SUA LÍNGUA, PRODUTO DE SUA REALIDADE. VEJA QUE ELE MANTEVE UM PADRÃO ATÉ A ÚLTIMA ESTROFE EM QUE SEMPRE O PRIMEIRO VERSO RIMA COM O SEGUNDO E O TERCEIRO COM O QUARTO. TRATA-SE DE UM POETA NATO.

TROCANDO AS PILHAS

Seu filho não foi visitar
para sua mãe se orgulhar
ele deu um robô
que sua mãe cuidou

As pilhas do robô pifou
e pilhas novas ela colocou
o robô se entristeceu
quando sua dona morreu

Pilhas novas ele colocou
como era pessoa, não robô, ela não voltou
as pilhas dele também pifou
e no céu dos vovôs ele a encontrou

video
Kelvy 4º A

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opinião:

Translate