sexta-feira, 1 de maio de 2015

DOMÍNIO GRAMATICAL

DOMÍNIO GRAMATICAL

FONTE DA IMAGEM: www.ipccursos.com.br


    Neste texto  direcionamos nosso olhar para os estudos sobre as melhores metodologias para o ensino da gramática. Aqui procurei trazer breves e importantes esclarecimentos sobre a necessidade de se ensinar a gramática em salas de aula, porém sempre buscando iniciar as atividades em situações contextualizadas através dos textos. Uma reflexão pertinente que trago aqui se refere às questões: Que gramática ensinar e como ensinar? Este texto pretende resumir minhas inferências e compreensões da proposta  didática direcionada ao estudo da gramática em sala de aula.
   O domínio gramatical constitui uma das competências comunicativas ao lado da competência sociolinguística e estratégica. É imperativo à escola assumir seu papel de agente propiciador do domínio da gramática já que essa constitui a estrutura funcional básica da língua e mesmo diante das muitas variações às quais está sujeita a língua portuguesa, não se permite flexões que possam comprometer a comunicação. O ensino da gramática deve pautar-se pela relevância, funcionalidade, contextualização e outros aspectos que em sua raiz suscitem o interesse e utilidade da gramática para uso da língua evitando portanto o ensino da gramática pela gramática.
   Para concretizar essa propostas, sugiro atividades que em comum reúnam os seguintes aspectos:

           * Trabalho a partir do texto. O texto será sempre o eixo significante a partir do qual se extraem as reflexões a respeito do que se quer ensinar e aprender em gramática.

     * Discussão de aspectos gramaticais priorizando a demonstração de sua utilidade para compreensão do texto. A gramática deve servir à compreensão do texto e nunca o contrário.

        * Abordagem de classificação e funções sintáticas sem uso de nomenclaturas, reservando esta abordagem para níveis mais maduros.


      Podemos inferir portanto que a escola não pode prescindir do ensino gramatical, mas que deve pautar sua prática docente priorizando o uso da língua em detrimento de um ensino tradicional, prescritivo e descontextualizado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opinião:

Translate